Projeto da RIM ajudará clientes na transição para o BlackBerry 10

A RIM anunciou nesta quinta-feira (6) um programa passo a passo para ajudar a grande carteira de clientes corporativos a fazer a transição para a nova plataforma BlackBerry 10, que a fabricante lançará em breve.

A companhia espera que os novos aparelhos tragam os bons tempos de volta, mas o destino do BB10 dependerá em grande parte de empresas e governos ao redor do mundo que usam os aparelhos da RIM, cujo referencial são os dispositivos de segurança.

A canadense, que outrora liderava o mercado, perdeu terreno para o iPhone e smartphones que usam o Android, sistema operacional do Google.

A RIM promete que os novos aparelhos serão mais rápidos e de uso mais amigável do que outros smartphones, além de oferecer um extenso catálogo de aplicativos, crucial para qualquer linha de novos produtos desse tipo.

Apesar de os celulares mais básicos da RIM ainda venderem bem em economias emergentes, as vendas dos modelos mais caros caíram muito, principalmente nos países desenvolvidos.

A empresa inicialmente planeja lançar só dois aparelhos com a nova plataforma –um celular com tela de toque e um com teclado QWERTY–, mas aposta neles para mudar essa tendência na RIM de vendas menores. O novo sistema operacional só roda em aparelhos novos.

A rápida adesão do BB10 por parte de governos e companhias minimizaria muito os receios dos investidores com a RIM, cujo destino –é o que muitos temem– pode depender da recepção que a plataforma terá no mercado.

A RIM vai implantar o programa BlackBerry 10 Ready nos clientes corporativos ao longo dos próximos dois meses.

“Vamos procurar nossos clientes exaustivamente para ter certeza de que estão a par deste programa”, afirmou Bryan Lee, à frente da divisão corporativa. “Ele será nossa principal forma de ajudar os usuários na transição para o BB10”, afirmou.

Fonte: UOL TECNOLOGIA

Malluco

Super Pai. Profissional de tecnologia há 26 anos, programador e webdeveloper nas horas vagas, técnico em eletrônica fulltime, designer, curioso e meio malluco. Uma boa cerveja faz parte do seu DNA e não nega pra ninguém.