Fox Business entrevista John Chen, veja algumas questões !!!

BlackBerry-Ceo-John-Chen-BlackBerry-Classic

Iaee galerinha
Primeiramente gostaria de pedir desculpas pela falta de atualização do portal BlackBerry Magazine. Essas semanas estava resolvendo uns problemas pessoais, e como por aqui eu sou praticamente sozinho pra atualizar as notícias e artigos acabei não tendo tempo pra tal. Prometo melhorar nas frequencias de atualizações, afinal, o melhor portal sobre BlackBerry do Brasil não pode ficar parado jamais…

Vamos a notícia que interessa. Em mais uma entrevista com a Fox Business, @JohnChen, CEO da BlackBerry que vai completar em novembro 2 anos na presidência da empresa, responde algumas questões sobre o futuro da BlackBerry e que decidimos destacar aqui as mais interessantes, vejam:

Fox: Desde que você começou na BlackBerry, em novembro de 2013, a sua prioridade tem sido a redução de custos. Agora, como é que você vai fazer para aumentar a linha de produção e a virada de jogo da BlackBerry ?

@JohnChen: Eu coloquei um plano claro para a nossa reviravolta quando entrei para a BlackBerry e estou satisfeito em dizer que estamos executando muito bem e nosso fluxo de caixa está bem positivo, estamos estabilizando as receitas para que possamos voltar nossos esforços de crescimento. Conseguimos fluxo de caixa livre e positivo e nesta fase será nossa recuperação, estamos focados em estabilizar receitas. O Software e tecnologia de licenciamento é essencial para esse esforço e nós estamos fazendo um grande progresso nessas áreas.

Nós continuamos a liderar a indústria em áreas que fazem parte do DNA da BlackBerry – incluindo mobilidade corporativa e segurança. Em uma parte importante da nossa estratégia de alargar a nossa liderança é fazer investimentos importantes nestas áreas fundamentais do nosso negócio – tanto organicamente como atrvés de aquisições. Durante o ano passado fizemos investimentos orgânicos de mais de US$ 100 milhões para manter nossos reforços na segurança. As aquisições que fizemos estão focados somente em segurança, privacidade e o nosso projeto da Internet das Coisas, e ajudará a expandir nossos negócios de software e serviços de plataforma cruzada.

Nós recentemente anunciamos planos de adquirir a AtHoc, que se estende ao nosso alcance de comunicação de massa e colaboração e será benéfico à medida que expandimos para se conectar e garantir uma gama de pontos de extremidade. Em conjunto com nossas aquisições como a WatchDox, Movirtu e Secusmart, a AtHoc irá reforçar ainda mais nossas capacidades de segurança, que são incomparáveis por nossos concorrentes e os clientes estão tomando conhecimento disso.

Fox: A força do núcleo da BlackBerry é a SEGURANÇA. Como você vai continuar garantindo que a Casa Branca, Governos e Empresas de que o BlackBerry é o mais seguro ?

@JohnChen: Segurança e privacidade continuam a estar na vanguarda de tudo o que fazemos – é parte do nosso DNA e nossa capacidade é incomparável. Líderes globais, todos os países do G7 e 16 dos governos do G20 confiam em nossos produtos para suas comunicações móveis. Nossa plataforma de segurança está comprovada, mas continuamos a inovar para manter os dados seguros e informações privadas. BlackBerry hoje protege as comunidades end-to-end, de vóz, mensagens, dados e arquivos, e nós temos os nosso olhos voltados a garantir mais pontos de extremidades que compõem a Internet das Coisas.

Fox: Parece que a BlackBerry está aumentando seu foco na empresa no corporativo no momento. E o consumidor final, ainda é uma prioridade?

@JohnChen: Estamos fazendo naquilo que fazemos melhor, que é a segurança, privacidade e gerenciamento corporativo de mobilidade. O desafio maior quando tomei este cargo foi colmatar (resolver) a abordagem sobre este dilema para ambos os mercados, o de consumo e empresarial. Nós reconhecemos que há consumidores que se dedicam a BlackBerry e sempre apreciaram a produtividade e a segurança que os nossos dispositivos fornecem. Para esses usuários e os clientes empresariais que exigem a segurança rigorosa do nosso sistem end-to-end, nós estamos tomando todas as medidas para tornar o nosso negócio de celulares rentável.

Fox: É possível que a BlackBerry deixe sua divisão de celulares para se concentrar somente no sofwater?

@JohnChen: O hardware continua a ser uma parte valiosa da plataforma do BlackBerry. Dito isto, há uma oportunidade incrível para a BlackBerry capturar uma fatia maior da receita da empresa e atender os clientes que dependem das soluções de mobilidade empresarial no grau que nós fornecemos.
Mudamos internamente alguns recursos para se concentrar na Segurança e Software, porém vamos continuar a ser a melhor escolha para usuários e clientes que querem tirar o máximo proveito de seus smartphones para manterem suas informações protegidas e maximizar sua produtividade, comunicação e colaboração.

Enfim, essas são algumas das questões que foram respondidas na entrevista e creio que sejam as mais interessantes, principalmente as questões que se refere ao Consumidor Final onde o mesmo diz não esquecer dessa fatia do mercado, apesar de estar mais focado na comunidade empresarial e corporativa e outro ponto sobre os boatos de a empresa parar de fabricar os seus Smartphones e focar somente em Sotware e Hardware.

Para quem tinha dúvidas, foram respondidas ai, ditas pelo próprio presidente da BlackBerry.

Se quiser verificar todas as outras questões, clique aqui e veja a entrevista completa.

Comentem !!!

Malluco

Profissional de tecnologia há 23 anos, programador e webdeveloper nas horas vagas, técnico em eletrônica fulltime, designer, curioso e meio malluco. Uma boa cerveja faz parte do seu DNA e não nega pra ninguém.

banner-bbmagazine-blackbooster