Relatório fiscal faz ações da BlackBerry subirem

A BlackBerry publicou no dia 28/09 seu relatório para o último trimestre fiscal e surpreendeu os investidores.

A expectativa de Wall Street para a empresa era uma receita de US$ 220 milhões, fechando as contas no zero, sem lucro, mas também sem prejuízo. Contudo, a companhia relatou ter conseguido US$ 249 milhões de receita e gerou um lucro de cinco centavos de dólar por ação. Por conta disso, as ações da empresa dispararam 14% na bolsa logo após a publicação do relatório.

O bom resultado da empresa vem do seu segmento de software. A empresa registrou um crescimento de 26% em relação ao mesmo período do ano passado na receita desse segmento.

Segundo a companhia, sua previsão para até o fim do ano é ter crescido entre 10% e 15% nesse setor e finalmente virar as contas para voltar a lucrar de verdade.

“Nós estamos construindo fundações muito sólidas para o nosso negócio”, disse o CEO da BlackBerry John Chen, à reed de TV norte-americana CNBC. “Estamos dando a volta por cima. Nos tornamos uma boa empresa de software com bons resultados financeiros”, completou.

Chen fala dessa forma porque, no ano passado, sua empresa decidiu abandonar de vez o mercado de hardware e deixando com sua parceira, a TCL, o trabalho de fabricação dos seus smartphones, mesmo assim o software é a BlackBerry que comanda e pularam a cerca para o Android ao invés de utilizar seu antigo BB10 do qual a própria já abriu mão há algum tempo, mas mesmo assim ainda mantém algumas atualizações de segurança e patchs de correções de erro.

Para o acumulado do ano, a BlackBerry espera arrecadar uma receita entre US$ 920 milhões e US$ 950 milhões, sendo que pelo menos, uma pequena parte disso seria revertida em lucro de fato.

Malluco

Profissional de tecnologia há 23 anos, programador e webdeveloper nas horas vagas, técnico em eletrônica fulltime, designer, curioso e meio malluco. Uma boa cerveja faz parte do seu DNA e não nega pra ninguém.