Bem vindo Malluco, Voltando às atividades…

Fala galera… quanto tempo em, mas quanto tempo mesmo.. Desde novembro que eu não posto mais nada por aqui, sim sei que muitas novidades neste meio tempo vieram a tona, e a gente acabou não falando delas, mas estou sempre antenado…

O problema é que não tive mesmo tempo de parar para digitar, pois sim, ainda sou blogueiro das antigas e gosto de digitar ao invés de ficar criando vídeos, upando e blablabla.. até porque minha voz realmente é feia, como alguns já comentaram, parece que tenho voz de pato kkkkk..

Bom galera, eu sumi, sim… Sumi pois meu filho nasceu bem em novembro mesmo e ele hoje, com quase 6 meses, está melhor de lidar e ele entende que o papai tem que trabalhar.. Corrido demais, realmente ter filho não é fácil, mas é muito bom, é ótimo, uma sensação única que quase nem tem explicação, só é maravilhoso.

Maravilhoso você chegar em casa cansado de um dia estressante de clientes chatos e olhar pro seu filho e ele sorrir pra você e ai seu dia valeu a pena todo sacrifício…. mas enfim galera, não estou aqui pra falar dele. Vim aqui pra tentar falar de alguma coisa.

Estou ainda pensando no que falar e com o tempo aqui digitando acho que vai abrindo minha mente pra falar sobre alguma coisa…

Bom, vamos lá. Sei que todo mundo já ta sabendo de muita coisa que as vezes nem vale a pena relembrar por aqui, ou pode até valer a pena. Então vou falar da BlackBerry nesses dias que fiquei em off.

A BlackBerry, como todos já sabem, lançou o KEY2, fiz até um review dele, com a minha voz de pato, o modelo em questão é o KEY2 Black Edition, mas tem outras variantes dele, inclusive o LE que tenho um em mãos pra fazer um review, mas irei fazer em breve, creio que ainda esteja no tempo. Tenho também um Motion pra fazer o review mas me falta tempo, espero que entendam e compreendam.

Sobre a companhia, a BlackBerry realmente embarcou no fantástico mundo da tecnologia automotiva e focou seus esforços na retomada da empresa, financeiramente falando, e acabou deixando os smartphones a cargo da TCL para fabricar e eles entram apenas com o software, o Android Seguro com seu DTEK e tal…

Estão matando o OS10 aos poucos, digo aos poucos mesmo. Todos sabemos que no dia 31 de Dezembro de 2019, vamos dar um R.I.P BB10 e ter que migrar para uma plataforma usável, ou seja, quem ainda tem, pode guardar pra usar como peso de papel ou até mesmo usando até ele se deteriorar, virar pó como os personagens do Vingadores : Ultimato.

O OS10 está indo para o túnel do tempo. A BlackBerry está matando aos poucos seus aplicativos nativos, como é o caso da loja BlackBerryWorld e, o seu icônico BBM (BlackBerry Messenger), do qual foi um dos pioneiros para a plataforma alavancar, uma pena que eles ficaram pra traz do WhatsApp pois, se tivessem uma cabeça mais aberta no passado, poderia ser o BBM hoje o aplicativo mais usado do mundo, valendo seus 30 bilhões de dolares (só ele) e estaria no auge, mas foram tão burros e lentos, que veio alguém e pensou mais la na frente e hoje esse alguém vale mais do que a própria BlackBerry 10x.

O BB10 pra mim é uma das plataformas mais perfeitas que já foram inventadas. Não trava, não aquece a bateria, não espirra, não tem vírus pra ela… Simplesmente a BlackBerry não soube o que fazer, abriram mão do melhor sistema já feito e, infelizmente, temos que migrar para essa porcaria de Android e pra quem curte, o iOS.. WindowsPhone não vale nem a pena falar sobre…

Claro que, para os amantes e apaixonados pela marca, ainda tem a opção de manter seu aparelho BlackBerry rodando o Android, do qual ainda tem a chance de usar apps nativos e ainda assim continuar com a marca na palma da mão. É até engraçado, hoje um cliente meu, um reporter da globo (do fantástico pra ser mais exato), usuário de BlackBerry PRIV, me disse que zoaram ele em um evento do Twitter do qual ele era o único a usar o BlackBerry. Ele riu e disse que não é mais o sistema, e sim usa Sistema Android, mesmo assim ainda foi bastante comentado no twitter… veja:

Pois bem, ainda tem pessoas usando BlackBerry, não sou só eu nem você ai que está lendo esse artigo.

Infelizmente, ou felizmente não sei, a BlackBerry não morreu e nem vai se matar, sim estão fazendo o que qualquer empresa faz, dando valor a marca pelos meios que ela dão algum retorno, não vale a pena o esforço de manter um sistema operacional que não ta dando nem 1 centavo de lucro, a não ser é claro que se tenha alguma ideia geniosa de tornar o sistema ainda útil para a população e, alavancar bastante o marketing e, o principal, fazer com que as pessoas usem, pois hoje em dia ninguém quer sair mais da sua comodidade de usar um Android e/ou um iOS da vida, tendo em vista os dois principais sistemas operacionais da atualidade. Ninguém quer mudar ou aprender algo novo, quer só usar o que já se sabe usar e finish…

Na verdade, tem muita gente que eu vejo que gasta um dinheirão com um celular top de linha de mais de 3 mil reais, pra usar WhatsApp, Facebook e Instagram, na verdade muita gente só usa Instagram e ta deixando o FB de lado. Mas o WhatsApp hoje tem que ter, se tornou uma ferramenta de trabalho mais útil que uma linha telefonica, pois ninguém liga pra ninguém usando mais créditos, e sim usando o VoIP, é o que se tornou o Zap, uma ferramente, e tenho que concordar, no começo eu estava relutante, mas acabei cedendo e uso também como ferramenta de trabalho e é assim que funciona.

O que da mais dinheiro pra eles foi manter o foco no software e estão correndo pra trazer novidades do mundo do IoT e com o software embarcado em automóveis, do qual esta sendo bastante lucrativo para a empresa e claro, sempre prezando pela segurança da mobilidade, isto não falta na ética BlackBerry.

Por fim galera, vamos ver se consigo trazer mais novidades a partir de agora, vou tentar liberar um tempinho semanal ou diário na minha agenda pra mandar bala por aqui…

Em breve, mais novidades, este foi só um “ola mundo” de que eu estou retornando..

Fica ai nosso Twitter, Facebook e Instagram pra vocês nos encontrarem, curtir e seguir…

Abraços galera… feliz 2019 !!!

Malluco

Super Pai. Profissional de tecnologia há 26 anos, programador e webdeveloper nas horas vagas, técnico em eletrônica fulltime, designer, curioso e meio malluco. Uma boa cerveja faz parte do seu DNA e não nega pra ninguém.